Pesquisar este blog

1.7.07

Recife...
Rua da União...
A casa de meu avô...
Nunca pensei que ela acabasse!
Tudo lá parecia impregnado de eternidade
Recife...
Meu avô morto.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro
como a casa de meu avô.
(Manuel Bandeira)

Recife. ponte Buarque de Macedo.
Eu, indo em direção à casa do Agra
Assombrado com minha sombra magra
Pensava no destino - e tinha medo!
(Augusto dos Anjos)

Ei! Vem cá que eu quero te mostrar
Ei! A minha cidade, o meu lugar
Ei! Recife tem um coração
Ei! Tem muito calor, muita emoção

O povo daqui gosta de cantar
Tem religião, gosta de rezar
Tem cristianismo, tem candomblé
Tem muita cachaça e muita mulher
(Reginaldo Rossi)

Recífilis, a venérea brasileira.
(Popular)

8 comentários:

Tate disse...

HELLCIFE (6)

Ham..

diego milito disse...

e pra onde foi a veneza brasileira?

Mythus disse...

Odeio Recife mortalmente.

ilana ^^ disse...

recife: vida nos finais de semana ^^

eu disse...

acho recife um barato. tambem, quem nasceu em patos acha bonito ateh escada rolante.

Dina disse...

hahaha, boa, boa! Amante, o caralho! Ele é separado, manezão.

Luís disse...

Recife é massa. Até o sol brilha mais lá.. ¬¬

tautologico disse...

Eu gosto do caos de Recife. Acho que não me sentiria bem numa cidade arrumadinha demais como Curitiba.