Pesquisar este blog

3.10.08

Vida Bohemia

No princípio havia um céu mais estrelado que o costume e uma constelação chamada Órion.
Havia vinho e verdade. Mas ela não quis ver.

Depois, veio a chuva e o céu se escondeu, assim como o mar.
Mas quem se importa? Estamos aqui e não lá fora.
Além do mais, havia uma estrela. Na TV. Solitária, a brilhar sobre um piso que não faz jus aos meus impostos.

Vieram gols e vieram Skols. Mas a estrela mais importante não estava no céu nem na TV. Estava mais perto. E o meu coração de galinha fervia em fogo alto.

6 comentários:

Isabella Araújo (Zabella) disse...

isso é coisa de botafoguense? :P

Cacau disse...

um conselho: utilize fogo baixo, só por precaução ;)

Ah, talvez o piso não faça jus ao brilho da sua estrela solitária.

tonton disse...

se a constelação fosse a de escorpião, então a história seria a minha.

p.s.: cavalo paraguaio e freguês!

wilson disse...

porra é essa?

tá apaixonado?

Bruno R disse...

Desculpe, Wilson, desculpe, desculpe, Wilson, desculpe!

Laíza disse...

isso é coisa de botafoguense! :P [1,97]